O inferno de Dante

Publicado: junho 18, 2008 em Assuntos e manchetes
Tags:, ,

É interessante que não há muito tempo  foi lançado um filme entitulado O inferno de Dante,onde contava a estória de um vulcão que entrava em erupção e destruia toda uma cidade.

                           

 

 Muitas pessoas viram este filme, mas era impressionante que bem poucos sabiam explicar se quer a razão do filme levar este nome. A rede globo tambem em uma de suas novelas teve um personagem chamado Dante, onde tambem passou despercebido,apesar do nome ser bem pouco comum.

Quem foi dante ?

A Divina “Comédia”, é um poema épico e obra-prima de Dante Alighieri,por volta de 1307 e 1321. O poema passou a ser conhecido como “Divina Comédia” apenas em sua primeira edição impressa, em 1555. Narra a história da travessia de Dante pelo Inferno ,Purgatório,e Paraíso.

                    

A “Divina Comédia” tem um fortíssimo sentido moralizante, reafirma os princípios cristãos e a necessidade da renovação espiritual. É um resumo da mentalidade de sua época, em que a forte religiosidade começa a dar lugar à racionalidade, à valorização do ser humano e um retorno aos valores greco-romanos.
O Inferno é a primeira parte do livro e começa com Dante perdido em uma floresta. Para encontrar a saída, ele conta com a ajuda do poeta clássico Virgílio. Eles terão de passar pelos portais do inferno, conhecer seus nove círculos – onde são expurgados os diferentes pecados –, o sofrimento dos condenados, os rios infernais, suas cidades, monstros e demônios. Dali chegarão ao centro da Terra, onde vive Lúcifer. Passando por Lúcifer, conseguem escapar do inferno.

                 

Podemos conhecer como se acreditava que era a geografia do mundo na Idade Média. A Terra, esférica, era o centro do Universo.
O Inferno é repleto de monstros e outras figuras mitológicas gregas e romanas que apareceram nas obras de Homero, Virgílio e Ovídio.

Também destaca-se no texto a dualidade entre aceitação e crítica à Igreja. Dante exalta e justifica as crenças do Catolicismo, defendendo, inclusive, a origem divina do poder papal. No entanto, não hesita em condenar diversos papas ao plano do Inferno, por considerá-los corruptores da fé cristã. O aparente conflito apenas reforça o sentido moralizante do livro, ao enfatizar a necessidade de uma rígida conduta ética.
 
  A divina comédia possui um simbolismo intrigante que faz com quem entre em contato com a obra reflita a todo tempo,com as belas ilustrações de Gustave Doré que dá a obra um caracter de filme e um realismo que nos prende do começo ao fim.
Gustave Doré,Doré começou a trabalhar nas ilustrações do Inferno de Dante em 1857, Ele não sabia italiano e provavelmente utilizou a tradução em prosa de Pier Angelo Fiorentino que posteriormente foi republicada com suas ilustrações,Vale a pena ler esta obra… baixe o livro aqui

 Veja tambem : Os nove circulos do inferno

About these ads
comentários
  1. Akatsu disse:

    Para salvar sua amada, Beatriz.

  2. Alexia disse:

    Qual e o resumo do livro por que eu gostei e achei legal interesante e amoroso

logo estaremos liberando seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s