Terapia gay é vetada

Aprovar este tipo de tratamento é perigoso.

Embora muitos estejam declarando que quem é gay e não se sente feliz tem o direito a ter o tratamento, já foi provado que reversão de sexualidade não existe e aprovar este tipo de tratamento é uma faca de dois gumes.

O tratamento para gays está sendo atiçado por grupos religiosos, mas no filme Orações Para Bobby  que foi produzido baseado em fatos reais, dois pais evangélicos ficam horrorizados quando descobrem que seu filho é gay e obriga -o a fazer tratamento e retiro espiritual de cura.

Este filme revela que permitir tratamento para cura a homossexualidade é favorecer que pais obriguem seus filhos a fazer este tipo de tratamento a força. E no filme Bobby depois de resistir ao tratamento e ser rejeitado pela mãe acaba se suicidando.

Foto do Bobby da vida real que se matou

O filme traz uma mensagem importante porque depois a mãe de Bobby se arrepende e se torna uma ativista dos direitos dos gays , conhece outra visão sobre a homossexualidade e pede perdão a Deus por ter obrigado Bobby se curar de algo que não tinha cura.

Vejam o filme que ainda está disponível no youtube

 

Anúncios

Brasil volta aprovar terapia de cura gay

A homossexualidade já foi tirada da lista de doenças faz 30 anos.

Mathew Shurka quando descobriu que era gay ficou apavorado e contou para seu pai que ao saber da sua condição disse que iria ajuda-lo a se curar da homossexualidade. Desde 2004 o Rapaz passou por quatro terapeutas, acampamento de conversão e  tomou viagra para ter ereção e transar com mulher, mas não tendo resultados ficou depressivo e pensou em suicídio.

” Meu pai não era religioso, mas achava que eu ia sofrer sendo gay neste mundo cheio de  preconceito” Disse o rapaz. Foi um longo processo para Mathew se assumir, teve muitos problemas com seu pai e chegou a ficar sem falar com ele e com seu terapeuta.

” Quando eu disse de novo que era gay e que estava feliz com isso, ele repetiu o discurso de que eu ia ser infeliz, me machucar. Não acreditei”, afirma.
“Mas respondi: ‘Pai, não tem com o que se preocupar. Vai ficar tudo bem. Vou viver uma vida maravilhosa’. E ele aceitou.” Hoje, conta, seu pai é um dos seus melhores amigos. Pediu desculpas por tê-lo levado a terapias de cura gay.

Nesta segunda feira o juiz federal  do Distrito Federal Waldemar Claudio de Carvalho concedeu liminar para psicólogos do Brasil oferecer terapia de cura gay, este procedimento era vedado pelo conselho federal de psicologia desde 1999.  Há mais de 30 anos que a organização mundial da saúde retirou a homossexualidade da lista internacional de doenças. Voltar a  emitir tratamento para gays é um retrocesso, por trás destas medidas existem grupos religiosos que estão dentro da política e que fomentam a homofobia e preconceito.

 No meio religioso onde o assunto é bastante tenso, a homossexualidade já está começando a ser compreendida, motivo do  surgimento e aumento das igrejas inclusivas e muita literatura a respeito do assunto como teologia sistemática  gay , Deus me fez assim e outros…

O lançamento também da Bíblia graça sobre graça e outro acontecimentos tem feito religiosos infiltrados na política entrar no desespero e criar estas medidas para que a homossexualidade continue a ser considerada um aberração, uma doença, enfim, um pecado.