Êxodo da igreja é inevitável

Apesar de algumas teologias tentando provar que Jesus fundou a igreja e uma religião, mudanças de paradigmas no conceito do que é igreja revela que Êxodo é inevitável.

CATIVEIRO-DO-EGITO

A palavra Êxodo  surgiu na época que o povo de Deus esteve cativo na terra do Egito e foi então liberto por moisés e entraram no Deserto, novamente a cena se repete e o povo de Deus, esta cativo, obrigado a cumprir obrigações nas diversas ramificações denominacionais gerados pela teologia de oportunistas.

Por isto cada vez mais se houve falar nos cristão sem igreja e isto não é apostasia, a apostasia está ocorrendo dentro das denominações e religiões cristãs.

igreja-destruida

Jesus não fundou religião e não mandou construir templos, igreja local e denominações são divisões surgidas do protestantismo ou até do catolicismo, recentemente até um padre o Fábio de Melo provocou a irá de católicos ao afirmar que Jesus não queria fundar igreja e sim o Reino de Deus, mas ele está certíssimo, Jesus mandou fazer discípulos para seguir sua doutrina.

mi_3805862559947017

A religião transformou a doutrina de Dízimos e ofertas numa obrigação  ao mesmo tempo que não cumpre com a ordem que tudo deve ser dividido com os necessitados e não construir impérios denominacionais.

ananis

Além da exploração financeira com a justificativa que é para manter a casa de Deus e pregar o evangelho as religiões tem se aventurado no campo da política e muitas outras heresias e apostasias entraram nas denominações.

A mudança no formato de igreja do modo que conhecemos é eminente, e a saída em massa de cristãos das denominações é certa, o Êxodo já começou.

Mas para onde irão estes cristãos sem igreja e sem denominação ?  Para o deserto!   

igreja cristo

Embora muitos teólogos apontam uma interpretação particular sobre a fuga da mulher para o deserto e sabemos que a mulher simboliza a igreja espiritual, é certo que entrará sim no deserto e já começou, e no deserto há sinais sobrenaturais e Deus estará com seu povo.

Não simboliza o fim da igreja, porque a igreja são as pessoas, Deus não habita em templos feitos pelas mãos do homem.

 

 

Anúncios

Qual o nome de Deus?

Dentro desta polêmica sobre o nome de Deus e até de Jesus, já que estamos vivendo no momento uma crise sobre a importância de saber se estamos adorando o Deus verdadeiro, precisamos pensar sobre algumas coisas, principalmente no que se refere as testemunhas de Jeová, que defendem que precisamos respeitar este nome que eles afirmam ser o nome verdadeiro de Deus.

de_ale3

Eu sou

Portando fica claro que Deus não é um idiota e sonda as mentes e os corações e ele sabe quem estamos invocando, o Deus de Abraão de Isaque e de Jacó, quanto a designação, pode ser Elohim, El-shadai, Adonay,  o que vai importar de verdade é se todos os atributos de Deus está sendo respeitado.

Recentemente muitos judeus tem reconhecido que Yeshua é o messias, mas ele negam que seja o nome Jesus, para eles não passa de um deus do catolicismo e do protestantismo e afirmam que nunca vão se converter para nenhuma religião, de certa forma eles estão certos porque Jesus não fundou religião e tais religiões atuais estão pervertendo o evangelho com falsos ensinos e doutrinas e imagens.

Mas Jesus em qualquer idioma é Yeshua, porque ele é o verbo, ele é a palavra , nosso preconceito linguístico não pode eliminar a fé quanto a que Deus cada um inclina seu coração, seria bom que o nome de Jesus não fosse traduzido, mas já que é assim, que assim seja.

Mas quanto a criar dogmas e impôr ao mundo que sua religião é a certa é uma grande furada, porque Jesus  mesmo perguntou:  que dizem os homens que eu sou ? e a resposta era bem simples: O cristo o filho do Deus vivo

 

Fonte: http://www.jacuipenoticias.com/religiao/marco/chibolete.htm